[Vários] Anjos X Demônios

Perdida no corredor Posts: 11
Offline
08/07/2013 - #1 

 

http://25.media.tumblr.com/1cfdc127a7d7b7dcb77f21717adec3b8/tumblr_mo5c1u5qrr1rcl9o0o1_1280.jpg


Olá, Doces e Docetes. Essa é minha primeira fanfiction, então eu peço a colaboração de todos. Críticas e sugestões são bem-vindas. E se tiver algo errado, por favor, me avisem para eu poder consertar. Obrigada por lerem. Aproveitem!


LEMBRETE DE REGRAS IMPORTANTES:

➜ Sem assuntos "sensíveis".
➜ Sem flood.
➜ Sem propaganda!
➜ Faça comentários construtivos (4/5 linhas por post).
➜ Comporte-se.
➜ Sem conflito nos tópicos. Prefira a mensagem privada.
➜ Preste atenção nos avisos dos moderadores.
➜ Por favor, leia com atenção as regras gerais do fórum para mais detalhes.

Personagens:

Femininos:
Nome da Docete: @daniaria
Nome da personagem: Aria
Anja - Principal
Aparência:http://25.media.tumblr.com/997e5d1ea9b136f3426815d0fb66903a/tumblr_mpn83vozej1rcl9o0o1_500.jpg

Nome da Docete: @Eycharistisi
Nome da Personagem: Blue Ice
Rainha Demônio
Aparência:http://25.media.tumblr.com/c345f4ba885505612af4a66951154886/tumblr_mob6j6V8fw1rcl9o0o2_500.jpg

Nome da Docete: @szRachelsz
Nome da Personagem: Anne
Demônio
Aparência:http://25.media.tumblr.com/fa7eadd50811d1cb97266f6f30f04d68/tumblr_mob6j6V8fw1rcl9o0o5_1280.jpg

Nome da Docete: @Tail
Nome da Personagem: Zero
Gêmea Demônio
Aparência:http://25.media.tumblr.com/c0080a972ef8b179ead6b2eba0478ab9/tumblr_mob6j6V8fw1rcl9o0o6_1280.jpg

Nome da Docete: Tendy18
[b]Nome da Personagem: Kona
[b]Gêmea Demônio

Aparência(foto de anime):http://s3.zerochan.net/Roromiya.Karuta.600.979160.jpg

[b]Nome da Docete:
@LiliCatita
Nome da Personagem: Liliana
Melhor Amiga - Anjo
Aparência:http://25.media.tumblr.com/0547e808f9daeefdbcd1844a32dbbfce/tumblr_mob6j6V8fw1rcl9o0o3_1280.jpg

Nome da Docete: @Larihrah
Nome da Personagem: Asula
Rainha Anjo
Aparência: https://www.google.com.br/search?q=Foto … 920%3B1200

Nome da Docete: @Lohraine
Nome da Personagem: Lara Vampess
Caçadora
Aparência: erro!

Nome da Docete: @Izusu
Nome da personagem: Milly
Caçadora
Aparência:http://24.media.tumblr.com/187dedb5a974b3d31e71c506cc3f0554/tumblr_mpn38j8e6y1rcl9o0o1_500.jpg

Nome da Docete: @Kisasan
Nome da personagem: Aylene
Demônio
Aparência:http://592f46.medialib.glogster.com/media/9f193addc70025beefd72b9f356afee2c0956a2cf8812ea6cd213385699eef52/goth-anime-2.jpg

Masculino:
-Anjos
Alex (não é gay!)
Nathaniel
Castiel
Lysandre
-Demônios
Rei
Armin
-Caçador
Kentin/Ken




Sinopse

Aria, uma anja que sonha em ir para o Colégio Sweet Amoris, o mais falado entre os anjos. Lá ela faz incríveis amizades e claro conhece garotos inimagináveis. Mas também descobre que algo não está certo �  sua volta, pois um dos demônios está se rebelando e a usando sem que soubesse, e assim, fazendo começar o caos entre Anjos, Demônios e Caçadores. Além, é claro, de descobrir vários segredos sobre si mesma.



Capítulo 1

[3° pes.]

-Ei! – Aria ouviu gritar enquanto fugia. – É sério, espera!
    Ela estava correndo de um garoto que não conhecia, mas que a havia perseguido o trajeto da cidade inteira enquanto ia para a floresta. E finalmente ele a alcançou.
    -Espera! – gritou, pulando em cima dela fazendo-os caírem na úmida grama de primavera.
    -Sai! Sai! Sai! – ela dizia se debatendo
    -Calma, não vou machucá-la.
    -É isso o que a maioria dos tarados diz! – gritou.
    -Não, é sério! – ele disse a segurando mais forte para que não fugisse, afinal não correu atrás dela �  toa. – Olha, se eu te soltar, vai ficar quieta e me escutar?
    Ela virou o rosto, com receio de que fosse mentira a parte em que ele iria soltá-la.
    -Promete? – perguntou.
    -Só se você também prometer que não irá fugir. – ele disse.
    Ela apenas meneou com a cabeça afirmando. Ele por sua vez a encarou seriamente por um tempo e depois saiu de cima do pequeno corpo caído na grama. Ele se levantou e estendeu a mão para ajudá-la, que a segurou. Os dois sentaram-se em um tronco caído ali ao lado.
    -Primeiramente, prazer, meu nome é Alex.
    -Hum... Aria.
    -Sim, já sei. Já a conheço há um tempo. – ele disse sorrindo.
    - C-como? – ela se levantou espantada. – De onde eu te conheço?
    -Como disse, EU te conheço há um bom tempo.
    -Acho que não... – ela sentou-se de volta no tronco.
    Ele suspirou.
    -Seu nome é Aria, tem 16 anos, completará 17 na semana que vem, onde poderá entrar para o Colégio Sweet Amoris, é emancipada dos pais e tem uma irmã, sua cor favorita é branco, e...
    -Tudo bem, já entendi. – ela o interrompeu – Você é do FBI, do C.A* ou o quê?
    -Nenhum deles. Sou apenas um estudante do Amoris. – ele disse abrindo um enorme sorriso.
    Ela ao ouvir essas palavras, corou ferozmente.
“Como assim? Estudante do Amoris correndo atrás de mim? Por quê?��  ela pensou.
    O encarou.
-Por que estava correndo atrás de mim? Por que não falou antes de eu botar o pé na estrada? – ela disse ainda corando.
    -Porque você anda rápido demais. E sempre que eu me aproximava você se afastava ainda mais!
    -Claro! Você chegava perto igual a um ladrão ou tarado... Queria que eu pensasse o quê? – ela sorriu tentando disfarçar a vergonha.
    -Tudo bem. Enfim, eu vim aqui para poder levar você para o colégio. Você regressa amanhã.
    -E por que só me avisou agora? – ela gritou se levantando.
    -Foi difícil encontrá-la, sabia? – ele também se levantou. – Vou te levar até sua casa atual para você poder fazer sua mala, e amanhã partiremos para o Sweet. Ok?
    -Tá bem, você que sabe. – ela deu de ombros.
    -Então vamos, a primavera já está indo embora e está parecendo que irá chover. – ele disse já caminhando na direção em que vieram correndo.
    -Está indo para onde? – ela perguntou.
    -Para a cidade. Sua casa não é lá? – ele perguntou confuso.
    -Sinto em lhe informar, mas não. Minha casa é para cá, perto da cachoeira. – ela iniciou a caminhada.
    -Tá explicado por que não te achei! – ele disse enquanto a seguia. – Mas se sua casa é para cá, o que fazia lá?
    -Fui fazer compras.
    -Cadê as sacolas?
    -Não achei o que eu queria. - ela disse encarando apenas o mato adiante.
    -Ah bem. Mas enfim, por que não mora para lá?
    -Porque não... – ela o encarou. – Você não faz muitas perguntas para alguém que apenas veio me buscar?
    -É que sou um pouco curioso. – ele sorriu.
“Agora que eu realmente o encarei, percebo que ele é muito bonito.��
    -Obrigado. – ele disse.
    -O quê? – ela perguntou confusa.
    -Nada não. – disse sorrindo.
    Os dois continuaram a caminhada em silêncio até chegarem perto de uma enorme cachoeira, onde ao lado havia uma simples cabana, com uma árvore em frente.
    -Chegamos. – ela disse.
    -Bem legal aqui... Agora entendo o porquê de se afastar da cidade. – ele disse se aproximando da casa.
    -Não, você não entende. – ela sussurrou.
    -Então, explique-me.
    -É... Não! – ela riu. – Enfim, você não tem que ir para onde está hospedado ou sei lá o que, já que já sabe onde moro?
    -Sim, mas antes quero lhe fazer uma pergunta. – ele a encarou seriamente.
    -Diga.
    Ele sorriu.
    -Posso dormir aqui?
“...��
*Conselho dos Anjos – C.A


Capítulo 2

No dia seguinte...
    -É sério! Por que você mora tão longe da cidade? – Alex disse enquanto caminhavam para a cidade.
    -Porque sim. – Aria respondeu. – Afinal, por que está reclamando?  Eu deixo você dormir aqui de graça, e ainda reclama do quão longe é? Sorte sua por não ter tido que pagar um hotel.
    -Tá! Só que além de ser longe, você me fez dormir no chão. – disse esfregando as costas.
    -E queria o quê? Dormir comigo na cama?
    -Não seria má ideia, mas você se mexe demais. – ele riu.
    Ela o encarou de forma ameaçadora.
    -Sim, seria uma péssima ideia... – ela parou para pensar um pouco. – Peraí! Que história é essa de “você se mexe demais�� ? Por acaso ficou me espionando enquanto dormia?
    -Ei! Não posso fazer nada se você fala enquanto     dorme. Isso chamou minha atenção. – ele se defendeu.
    -Ah, não vou nem tentar discutir... Mas, enfim, por que exatamente veio me buscar agora se no Sweet só entra quem for maior de 17? – ela perguntou curiosa.
    -Porque daqui até o Sweet dará quase uma semana de viagem, uns 4 a 5 dias, eu diria. – disse dando de ombros.
    -COMO É??? – Aria gritou.
    -Para alguém que disseram ser calma e tímida você é exagerada demais. – ele fez um muxoxo.
    -Isso quer dizer que vou ter que ficar com você mais uma semana?
    -Diz isso como se fosse o fim do mundo. – ele respondeu.
    “Não é bem o fim do mundo, mas...�� .
    -Mas?
    -Mas o quê? – ela perguntou curiosa e surpreendida.
    -Você não terminou a frase. – ele a encarou.
    -Hã? – Aria parou alguns segundos para pensar. – Espera aí! Você lê mentes?
    -Bingo! Háháhá! – ele disse em meio a gargalhadas.
    -Mas então, sobre esse pensamento... – disse envergonhada.
    -Ah, tudo bem, eu a entendo. – ele sorriu. – Meu irmão � s vezes também reclama que eu falo demais.
    -Seu irmão?
    -Sim, Armin é o nome dele. – ele deu de ombros.
    -Armin? O Armin? – perguntou espantada.
    -Sim, por quê? – Alex disse confuso.
    -Ele não seria um demônio? – ela o encarou.
    -Isso mesmo, eu sou um anjo e ele um demônio. – ele fez novamente o muxoxo. – Somos gêmeos, mas eu puxei nossa mãe, e ele, o pai.
    -Estranho... Ah, sem ofensa.
    -Tudo bem. Mas isso é um pouco meio que comum. – ele cruzou os braços atrás da cabeça enquanto caminhava.
    -Como assim? Existem vários outros?
    -Sim, lá no Sweet, por exemplo, temos uma anja com uma irmã demônio. – ele abriu um largo sorriso.
    -Sério? – Aria perguntou animada. – Qual nome dela?
    -Ah, você saberá quando chegar a hora.
    -Que injusto. – ela cruzou os braços.
    -É a vida. – ele riu. – Mas falando sério agora, você é muito lerda para andar.
    -Desculpa aí se não estou com pressa.
    -Mas temos que ir rápido, senão perderemos o trem. – ele disse a puxando pelo braço.
    -E por que não voamos? – disse aos prantos enquanto ia sendo carregada.
    -Porque não podemos nos mostrar diante dos humanos já que o trem passa perto do colégio. Ordens da Rainha.
    -Mas eles não sabem que já existimos?
    -Não mais... Só que isso você entenderá quando chegarmos ao trem, lá posso explicar calmamente. – disse a soltando quando chegaram �  cidade.
    -Então vamos, né?! – ela disse o seguindo para a estação.
    {...}
[POV’S Aria]    
Nós conseguimos chegar a tempo antes da próxima partida, uns 15 minutos antes eu diria. Assim, tivemos bastante tempo para comprar as passagens e embarcar no trem.
Acomodamos-nos em nossas poltronas e Alex começou a me contar o que eu deveria saber.
-Bem, o principal é que humanos não podem, de maneira alguma, saber que existimos. – ele se recostou na poltrona.
-Isso já deu para perceber. Mas eu quero saber o por que. – eu disse enquanto a garçonete passava me encarando.
“Que estranho...��
-O que é estranho? – ele perguntou.
-Ela ali. – meneei com a cabeça em direção �  mulher. – Parecia que tinha visto um fantasma ao passar por aqui.
Ele se virou na direção dela, e á fitou um tempo.
-Não se preocupe. Ela não irá nos fazer mal. – disse voltando-se para mim.
-Como sabe? A conhece? – indaguei.
-Por enquanto vamos nos concentrar na sua dúvida de antes, ok? – ele disse já mudando de assunto. – Como eu disse os humanos não podem saber. Isso é uma longa história, então vou começar logo.
Assenti para ele.
-Bem, por onde começo? – ele suspirou. – Há muito tempo, os humanos, anjos e todos os seres da Terra viviam em paz. Tudo era alegrias, paz e amor, digamos assim. Os humanos adoravam os anjos, e vice-versa, e sempre que podíamos, nós, anjos, o ajudávamos. Fazíamos tudo por eles, e em troca, eles nos respeitavam e amavam.
Mas como tudo nesse mundo, havia a inveja. Os demônios queriam também essa atenção, mas não faziam por merecer. Eles apenas eram... Demônios... Aniquilavam tudo o que viam pela frente, chamava atenção de forma grosseira e maldosa, não estavam nem aí para nada. E mesmo fazendo ruindade, queriam ser percebidos.
E um dia, certa pessoa, não, monstro seria melhor, conseguiu isso. Leigh, o Rei Demônio, que antes era apenas um demônio comum, conseguiu trazer a desordem para esse mundo. Com apenas seu jeito de encantar as pessoas, ele conquistou uma humana. Isso era a pior coisa que um ser assim poderia fazer. E essa mulher foi enganada, então ela não tinha culpa do que fez, mas também não poderia sair impune. Os anjos começaram a parar de “glorificar��  os humanos, e estes, por sua vez, os começaram a desprezá-los. Assim, a Rainha Anjo decidiu de uma vez por todas que não poderíamos mais aparecer para os humanos, pois eles haviam nos traído e não mereciam mais nosso “carinho�� .
-Então, vocês entraram em guerra por causa de uma mulher e um demônio? – perguntei
-Basicamente é isso mesmo. – ele assentiu
-Por que “basicamente�� ? – perguntei meio curiosa, meio irônica.
-Ainda tem o que a mulher fez. – ele me encarou.
-O que ela fez?
Alex não disse nada, apenas deu um meio sorriso para mim e virou o rosto para a janela. Ficou encarando a paisagem das montanhas, por onde o trem estava passando, ou então estava apenas encarando o vidro, sem mais nem menos, perdido em seus pensamentos, porém, ainda com aquele meio sorriso no rosto.


Capítulo 3

Estávamos no segundo dia de viagem, e Alex não tinha ainda me contado o que a tal mulher havia feito.
    -Ah, que cansativo. – ele disse voltando a se sentar depois de ter dado uma volta pelo trem.
    -Não posso fazer nada se só temos essa maneira de ir, já que não podemos voar mesmo. – respondi também cansada da monotonia. – Quer saber? Vou ao banheiro, ok?
    -Tudo bem, volta logo, estarei esperando.
    Ele me encarou com aqueles olhos cor violeta, e no mesmo instante, o sol entrou pela janela, dando um brilho único ao seu rosto, o que o deixou mais bonito ainda. Corei.
    -Aff! Para que isso tudo, só vou ali e já volto. – me virei para o corredor, tentando disfarçar.
    Eu andei pelo corredor do trem até chegar ao vagão para banheiro. Ali não estava vazio, pois eu vi aquela mesma mulher que havia me encarado antes de forma estranha.
    Vi a porta do banheiro, abri e entrei. Quando sai, a tal mulher parecia estar me esperando.
    -O que você quer com o Ale-kun? – ela me disse, parecendo furiosa.
    -Hã? O quê? Como? - *confusa*
    -É isso mesmo o que você ouviu! O que você quer com Alex?!
    -Hã... Acho que chegar ao meu destino seria a resposta certa. – respondi sem o menor interesse.
    -Não brinque comigo! – ela gritou – Para o Alex olhar assim para você deve ser alguém especial! Você é o que? Irmã? Prima? Sobrinha? Ou...
    -Ou?
    -Ou amante?! – os olhos dela pareciam estar queimando.
    -MAS É CLARO QUE NÃO!! – perdi a paciência – Já disse, só estou querendo chegar ao meu destino, e ele está me levando.
    -Por que eu deveria acreditar?
    -Por... – fui interrompida por braços me entrelaçando pelas costas.
    -Por que é verdade. – Alex disse a encarando com um enorme sorriso no rosto.
    -Ale-kun!! – ela disse alegremente, parecia até uma garota “fofa�� .
    -Para de importunar as pessoas, Lara. – ele disse – Aria só está viajando comigo para a escola. E o que você está fazendo aqui, pequena? – ele me soltou e foi abraçá-la.
    -Tenho serviços a fazer, sabe disso. – ela se virou para mim. – Se Ale-kun disse que está tudo bem, então, prazer, sou Lara Vampess, mas me chame só de Lara. – ela disse estendendo uma mão enluvada.
    -Sou Aria, é um prazer conhecer a namorada do Alex. Embora ele não tenha me falado que tinha uma. – sorri.
    -Namorada? – ela perguntou envergonhada.
    -Lara não é minha namorada, ela só acha que é por isso age com muito ciúme de mim. – ele riu.
    -Ah, me desculpe, então. – disse constrangida.
    -Não, tudo bem. – ela respondeu. – Ele vai ser meu e sabe disso.
    -Veremos. – ele disse ainda sorrindo. – Podemos voltar agora? To meio cansado. – disse para mim.
    -Ah, claro. Vamos. – respondi. – Até qualquer hora. – me despedi de Lara.
    -Até. – ela sorriu.
    Nós dois voltamos aos nossos lugares no vagão e eu instantaneamente adormeci.
{...}
    -Aria... – ouvi uma voz cantarolando e senti alguma coisa puxar levemente meu braço. Abri os olhos.
    Alex estava em pé no corredor, sozinho, e o trem não se movimentava mais.
    -O que houve? Por que paramos? – perguntei esfregando os olhos.
    -Acabamos de parar na segunda estação, e falaram que vão ficar aqui por uma hora parados. – ele sorriu – Eu vou sair, quer vir?
    -Hã? Acho que será bom, não é? – me levantei.
    -Ah, que bom! Assim poderemos ir a algumas lojas. – ele parecia estar animado.
    Ele me segurou meu braço e me levou trem afora. Nós saímos da estação e fomos para a cidade. E como ele disse, fomos a várias lojas. Ficamos muito tempo entrando e saindo de lojas, que não percebemos o horário e nem o nosso trem partir.
    -Veja pelo lado bom: temos roupas novas!! – ele tentava me animar.
    -Ah, que legal!! Agora temos que esperar mais um dia pelo o próximo. – eu me sentei num banco da estação.
    Ele veio sentar-se ao meu lado.
    -Desculpa tá? – disse.
    -Hã? Não, tudo bem. Eu também deveria prestar atenção nas coisas. – o encarei.
Ele apenas sorriu e se levantou num pulo.
    -Bem, temos que procurar um hotel, então! – e novamente, me pegou pelo braço e me levou estação afora.




P.S. Não esqueçam de comentar, por favor. Pois será de grande ajuda e isso incentiva mais o autor a escrever. Obrigada.



Selo?? wink

http://i40.tinypic.com/b9fa81_th.jpg


Contribuição de @Tendy18... Thank you >3<


Última alteração por daniaria ( 14/08/2013)

 

Perdida no corredor Posts: 11
Offline
08/07/2013 - #2 

 

RESERVADO


 

Representante Posts: 4390
Offline
08/07/2013 - #3 

 

PRIMEIRA A COMENTAAAAAAR! CHUPS SOCIETY OwO
*apanha muito*
Deixando a retardadice de lado...
Nyaaaa que fic diwa senhor!!!!!
Pode isso produção? Pode existir uma fic diwa assim? u-u
POOODE! õ/
Enfim, estou gostando muito da fic apesar de estar no início -w-
Continue assim!
Ah não pode faltar... Demôniooooooos! Me gusta OwO


Última alteração por szRachelsz ( 08/07/2013)

 

Converso Posts: 927
Offline
09/07/2013 - #4 

 

Hum... aquele Alex trás água no bico wink
Estou gostando, daniaria, continue. Vou ficar ansiosamente à espera do próximo capítulo :3


 

Tímida Posts: 216
Offline
09/07/2013 - #5 

 

Gostei muito, não vejo a hora de ler os próximos cap.


 

Bato papo Posts: 592
Online
09/07/2013 - #6 

 

Adorei o caitulo!! Deixa-me adivinhar: o Alex consegue ler mentes certo? E também vi ali um clima entre os dois ou foi impressão minha??


 

Converso Posts: 1159
Offline
09/07/2013 - #7 

 

Minha Flor!! Vc escreve muito bem!!  lol
Parabéns Continue assim!
E se der eu posso participar??

Kissus
Vivi *3*


 

Perdida no corredor Posts: 11
Offline
13/07/2013 - #8 

 

Obrigada por lerem, meninas *u* ~feliz~
Fiquei com receio de que ninguém gostasse ;-;
Mas que bom que gostaram, né?? :3
Enfim, só para avisar, alguns capítulos poderão demorar a sair, então só peço paciência, ok?? Obrigada ^^


 

Perdida no corredor Posts: 11
Offline
17/07/2013 - #9 

 

daniaria escreveu:

Obrigada por lerem, meninas *u* ~feliz~
Fiquei com receio de que ninguém gostasse ;-;
Mas que bom que gostaram, né?? :3
Enfim, só para avisar, alguns capítulos poderão demorar a sair, então só peço paciência, ok?? Obrigada ^^

Capítulo 2 Postado >.<


 

Bato papo Posts: 592
Online
17/07/2013 - #10 

 

O que é que será que a mulher fez? E o porque é que o Alex ficou com aquele meio sorriso?? Suspeito...


 

Converso Posts: 1207
Offline
27/07/2013 - #11 

 

Aiai Alex isso é jeito de se apresentar? *facepalm* o que a mulher fez? *o* está de Parabéns Dani a fic está bem interessante, agora só falta um pouco de ação para animar os ânimos xD


 

Novata Posts: 55
Offline
12/08/2013 - #12 

 

Môôô!!! Finalmente você postou *u* Desculpa eu ter sumido T.T Queria ser a primeira a comentar ;-; ... Mas, tudo bem, o importante é que você finalmente postou a fic... Ainda mais comigo como personagem *super.contente* Quero mais capítulos, heim!! Parabéns!!


 

Perdida no corredor Posts: 11
Offline
14/08/2013 - #13 

 

*O* Izu de volta!! faz tempo que não nos falamos ^^ ...
Mas enfim, obrigada por acompanhar a fic *-*...
E não tem problema não ser a primeira *apanha*, o importante é comentar *apanha²*..

@Tail obrigada, flor ^^ a ação vai demorar um pouquinho, mas tentarei o melhor.

Capítulo 3, postado! ^^


 

Tímida Posts: 216
Offline
15/08/2013 - #14 

 

Adorei, amei, gostei kkkk
posta mais, please! big_smile


 

Perdida no corredor Posts: 11
Offline
15/10/2013 - #15 

 

AVISO!!
Meus Doces e Docetes, vou ter que parar de postar a fic...
Já tenho ela pronta até o capítulo 10, mas não poderei postar mais no Amor Doce.
São motivos que não posso comentar... Então, pedirei à um moderador (a) para fechá-la.
Sinto muitíssimo, de coração, sério.
É triste fazer isso... Mas se eu puder, voltarei. ^^

@daniaria


 

ModeraDoces Posts: 12837
Offline
02/01/2014 - #16 

 

Esse tópico foi arquivado por estar abandonado/interrompido.
Nessa área ele só poderá ser lido, e não comentado.
Caso queiram conversar algo a respeito dele,
envie uma MP para a autor(a).

Um Abraço e bom jogo.


 

Tópico fechado